Artigos

Sessão de Família :: Verão 2020

Olá!!!

Neste artigo venho partilhar consigo a galeria quaaaaase completa de uma sessão de família!

Portanto, decidi partilhar para poder ter a noção de tudo o que pode obter numa sessão deste género: fotos pousadas e fotos divertidas.

E agora pergunta-me: mas pousadas porquê? Simples! As mais pousadas são sempre as eleitas para oferecer aos avós, padrinhos, tios. Fica sempre bem oferecer uma foto a olhar para a câmara. Contudo, as mais divertidas são para si e para a sua família se deliciarem e reviverem aqueles momentos. Aliás, não só para reviverem como para olharem e dizerem: estes somos nós, como somos com os nossos filhos, como somos enquanto casal, como gostamos de estar e como gostamos de sorrir, como gostamos de partilhar momentos juntos e como queremos continuar: unidos!

Quem me conhece sabe que TODOS os anos faço a minha sessão de família com um colega de profissão. Porque para mim é muito importante deixar recordações aos meus filhos. Imprimir a sua história para eles verem sempre que queiram, para eles sentirem o orgulho que sempre tivemos por eles e daí o querer registar, e para lhes deixar como herança um dia. A mais valiosa herança que poderão ter: as suas raízes, o registo do amor que os viu crescer.

Contudo, ao longo do ano vou-os fotografando, mas para eu aparecer nas fotos relaxada e confiante, só mesmo com um colega! 🙂

Então, voltando ao início! Deixo-vos uma sessão linda, divertida e descontraída.

Portanto, comecei pelos manos! Antes de tudo, tiro sempre a cada um individualmente e depois juntos, assim ficam sempre com uma recordação deles próprios e da cumplicidade entre os dois!

De seguida passei para as fotos de família, umas mais descontraídas que outras, umas mais pousadas do que outras e alguns beijos pelo meio, para ficarem com um excelente mix!

Depois… bem, depois tiro da mãe e do pai com ambos os filhos e com cada filho individualmente. Aqui, mais uma vez, aposto em fotos pousadas e outras com muuuuuita brincadeira para ter aquelas gargalhadas genuínas das crianças e mesmo dos pais. Aquelas gargalhadas que apesar de estarem em fotos, conseguimos ouvi-las só de olhar para elas. E como essas fotos nos aquecem o coração!!!

Por fim, tirei as fotos de casal. Afinal de contas, foi como tudo começou não é? Seja como for, é essencial recordar o início da história, e continuar a registar a cumplicidade e o amor entre os dois. É importante recordar que antes de serem 4 foram 2, antes de serem mãe e pai foram, e são, namorados 🙂

E pronto, era esta a experiência que quis partilhar consigo.

Depois disto imagino a parede da sala desta família com uma série de molduras com várias destas fotos. E imagino as crianças a olharem para elas com vontade de repetir, felizes de terem vivido aquele momento com os pais. E imagino ainda os pais a sorrirem cada vez que o seu olhar cai sobre cada fotografia.

Seja como for, espero ter deixado a vontade de registar momentos seus. Por conseguinte, a sua herança para com os seus. Tal como os seus pais lhe deixaram a sua herança: a sua infância em álbuns impressos!

Quer saber mais informações sobre estas sessões? Então clique AQUI, ligue-me ou envie mensagem por WhatsApp (912817391).

Boa semana!!!

 

Suzy
Suzy Vieira Photography
www.suzyvieira.pt
facebook instagram
💕 + do que sessões, crio experiências!
📷 Empoderando mulheres, eternizando famílias
Quer saber um pouquinho mais sobre mim? Esta sou eu 😉

O valor da fotografia, um tipo de “teletransporte”

O valor da fotografia

Olá!!!!

Já passou 1 semana desde que tomei a iniciativa de ficar em isolamento voluntário. Desde aí diversas coisas aconteceram, uma delas foi o estado de emergência declarado pelo nosso governo, sendo que neste momento mais de metade de Portugal está parado.

Bem, parado como quem diz, pois acredito que as vossas casas estejam como a minha, a todo o gás!!!!  Por cá com duas crianças é difícil ser ao contrário!

Bom, para quem tem crianças em idade escolar, em idade de jardim de infância ou creche, para quem não tem crianças e está em teletrabalho, e para muitos outros casos, acredito que parado não será certamente o caso. Alguns estão a dar de si na frente da linha para nos salvar, outros estão a dar de si para nada nos faltar, e outros ainda estão em casa a cumprir o seu dever para todos estarmos protegidos!

Como a maioria de vós, não posso visitar a minha família. E, quem me conhece, sabe que a minha família está a cerca de 2000km de distância, e o quanto isso me dói. Sempre fui uma miúda mimada, e ainda sou, com muito orgulho. Não há colo como o da minha mãe e abraço como o do meu pai. Siiiiiiiiim, mesmo sem caber no colo da minha mãe há muuuuuito tempo (pois ela tem menos 20cm que eu hehe) faço questão de pousar a minha cabeça no colo dela quando estamos juntas. É a única pessoa que mexe no meu cabelo e não reclamo 😀 . O meu pai ainda hoje me chama de fofinha “Então fofinha, como correu o teu dia?”. É isto que quero para os meus filhos: este amor sem idade, este aconchego sem fim.

Então, neste último Natal estivemos lá e, juntamente com a minha irmã, conseguimos uma missão quase impossível: juntar TODOS para uma [super mini] sessão fotográfica! Estava um frio de rachar, as roupas não eram as desejadas, o dia super cinzento, os miúdos sem vontade, o cenário mesmo atrás da casa dos meus pais não era o melhor massss….. conseguimos!

4 gerações! 4 geraçõessssssss numa foto!!!! Avós, filhas, netos e bisneta.

Dizer que eu e a minha irmã ficámos a rebentar de alegria e orgulho é pouco, muito pouco.

Pois bem, não consegui editar logo as fotos, fui editando sempre as fotos dos clientes primeiro. Até há duas semanas atrás. Caramba, já a epidemia nos tinha batido à porta.

Para além disso, os meus pais não são muito de tecnologias, com 75 anos atinam com o tablet para falarmos por Skype e já aí sei que ganhei o jackpot! Logo, não conseguiram ver as fotos ainda.

No entanto, a história não fica por aqui. A geração dos meus pais é a geração do analógico, da foto no papel que por sua vez é guardada numa caixinha ou colada num álbum e vista vezes e vezes sem conta, e mostrada às visitas com imenso orgulho. E assim deveria ser a nossa a meu ver. Pelo que manter as fotos em digital não é opção.

Mais uma vez, eu e a minha irmã juntámos forças e decidimos oferecer uma tela. Tamanho? Sempre fui apologista do grande, quanto maior melhor para apreciarmos bem todos os detalhes. 60x80cm foi o tamanho eleito, e neste momento está incrivelmente e orgulhosamente pendurada na parede, sobre o sofá da sala.

IMAGINAM o valor que essa foto tem para os meus pais? Imaginam o valor que esta foto tem para mim? 

Ainda mais neste momento difícil que estamos a passar e para o qual peço todos os dias que termine o quanto antes, sempre com o coração nas mãos pelos meus.

Desta forma, deixo aqui algumas fotos desta sessão, que me deixam de sorriso na alma cada vez que olhos para elas.

Aproveitem e façam o mesmo com os vossos pequenos. Uma vez por outra, em vez de pegarem num livro com histórias peguem num álbum vosso, com a VOSSA história e contem-na aos vossos amores.

RECORDEM as férias que já fizeram, o vosso casamento, a saída em família, os jantares entre amigos, os momentos especiais que retrataram e imprimiram com todo o carinho. E digam-me, não sentem novamente um pouquinho da emoção que sentiram na altura em que tudo isso aconteceu?

ESSE é o valor da fotografia, para mim. Um tipo de “teletransporte”.

Para quem tem gigabites de fotografias no computador, no disco externo ou numa cloud, AGORA é uma boa altura para fazerem os álbuns. Eu ainda vou fazer um álbum para os meus pais com todas as fotos desta sessão.

Um abraço muito apertado para todos, pois se há coisa que precisamos neste momento é de energia positiva, e amor, muito amor.

Suzy
www.suzyvieira.pt

2º Aniversário do Baby L.

Oláaaaa!!!!!

Estou em dívida com vocês, pois há imenso tempo que não vos deixo um post bem completo com uma linda galeria na praia! Agora que finalmente o Verão chegou, esperemos que fique o tempo que lhe compete 😀

No entanto, por cá o tempo tem sido contadinho ao minuto. Entre as sessões, edições, emails, e claro família, tento sempre optimizar da melhor forma massssssss nem sempre consigo 🙂 e então fica sempre algo para o dia seguinte que deveria ter sido feito no dia anterior! Ainda para mais agora que estamos a preparar o estúdio novooooooooo shhhhhhhh é segredo #soquenão 😀
Quanto a isso farei um novo post com mais detalhes 😀

Vamos ao que interessa?

Bem, mas agora vamos lá a esta família linda que conheço há mais de dois anos!!! Simmmmmmmm! Conheço o baby L. desde a barriga da sua linda mamã! Foi aí que o baby L. se estreou nas sessões fotográficas!
Depois seguiu-se a de recém-nascido, mini sessões temáticas, Smash the cake (que vergonhaaaa ainda vos devo um post do seu primeiro aniversáriooooooo aiiii), mais mini sessões, e agora no seu segundo aniversário.

Simmmmm!!! Hoje faz DOIS ANOS que o Baby L. nasceu! E como bem sabem, não nasceu apenas ele. Com ele nasceu uma mãe e um pai, uma família a 3, um Amor incondicional, o início de um novo capítulo na história do casal. Vamos dar os Parabéns ao Baby L e aos seus pais? 

Muitos parabéns meus queridos! Que continues semmmmpre assim baby L., de sorriso lindo e sincero e sempre com muito colinho e carinho dos teus papás que te amam taaaanto!!!!!

Será pouco referir que me sinto mesmo muito muiiito honrada por confiarem em mim o registo de momentos tão importantes, memórias que poderão ver, rever e recordar, já com aquele brilho no olhar do baby L. ao se ver nas fotos 😀 .

Fico feliz por confiarem em mim, e fico igualmente feliz por ver, as que considero também um pouquinho minhas famílias, crescerem, principalmente em Amor.

Agora um pouquinho sobre a sessão do Baby L.

Então, no início da sessão o baby L. não estava muito inspirado em colocar os pézinhos na areia, nem tão pouco os molhar, mas depois de alguns truques e o convencermos, foi sorriso atrás de sorriso!

Isto combinado com uma família linda, bem disposta e super fotogénica, eeeeeeeee aindaaaaa um pôr-do-sol maravilhoso numa das nossas fantásticas praias, só poderia ter resultado em fotos lindas 😀

Querem vir espreitar um pouquinho?

Aqui vos deixo então a galeria deste lindão, na sua sessão de 2º aniversário.

Para quem pretende ainda agendar a sua sessão de família tenho algumas vagas em Setembro 😀 Veja os pacotes AQUI e contacte-me para reservar!

Boa semana a todos!!!!
Suzy
www.suzyvieira.pt

 

Sessão de Família & Auto-Estima do seu filho/a

Hoje venho vos falar um pouquinho mais sobre a IMPORTÂNCIA das sessões de família.

Quem me conhece, sabe que faço questão de realizar uma sessão de família TODOS os anos! E porquê? Porque quero ter bem registadinho como todos mudámos, como todos crescemos, seja em altura, largura ou rugas! Quero ter a nossa história a um dedo de distância dos meus filhos, impressa em álbuns, para eles poderem ver e rever com orgulho, fazerem inúmeras perguntas de como eles eram naquela idade. Quero assim criar mais momentos de partilha e de conversa boa. O brilho nos seus olhos a cada página é inexplicável e para mim de extrema importância!

Por exemplo, o meu filho tem 5 anos e adora levar de vez em quando para a escola um dos nossos álbuns, para mostrar aos amiguinhos e contar a sua história. Nem imaginam o ar orgulhoso com que vai, de álbum debaixo do braço e sorriso gigante: “Vou levar para os meus amigos verem como era quando tinhas a mana na barriga mamã!”

Já a mana, com 2 anos, fica entusiasmada a gritar os nomes de cada um que ela vai vendo nas fotos: “Oiaaaaa a Niana!! (Diana); E o meu mano!!!” de sorriso rasgado.

Para mim isto é o que importa. O seu sorriso ao permitir-lhes ver como eram, que já foram bebés, que fizemos questão de os fotografar por transbordar de orgulho e amor por eles e imprimimos para terem acesso a elas a qualquer momento. Para além dessa alegria, sabiam que terem fotos impressas contribui igualmente para a sua auto-estima?

Os factos

Então, um estudo revelador foi realizado em 1975 com um grupo de alunos da quarta série de uma escola do Tennessee pela Tulane University. Durante um período de cinco semanas, as crianças tiraram fotografias instantâneas com uma Polaroid a si mesmas em diversas poses, e expressando diversas emoções. As crianças usaram as suas próprias fotos impressas e criaram álbuns de recortes uma vez por semana ao longo dessas cinco semanas. Os testes dos alunos e professores na conclusão do estudo revelaram um aumento significativo de 37% na média referente aos comportamentos de auto-estima dos alunos. Este estudo de Murfreesboro mostra algumas evidências de que a fotografia pessoal de crianças vistas e apreciadas de uma maneira específica pode ajudar a aumentar a auto-estima de uma criança.

Mas como pode a fotografia de família, especificamente retratos de família, ajudar a aumentar a auto-estima de uma criança?

David Krauss, um psicólogo licenciado de Cleveland, Ohio, diz: “Eu acho que é realmente importante mostrar uma família como uma unidade familiar. É tão útil que as crianças se vejam como uma parte valiosa e importante dessa unidade familiar. O trabalho de um fotógrafo é criar e fazer com que a imagem pareça um espaço seguro para crianças onde elas estão seguras e protegidas. As crianças conseguem isso num nível realmente simples ”.

Neste seguimento, Krauss é um dos pioneiros a usar a fotografia pessoal e os álbuns de família das pessoas para ajudar na orientação e na terapia de saúde mental. Ele é coautor de “Photo Therapy and Mental Health” em 1983, considerado como um texto fundador para o uso da fotografia em terapia.

“Ele permite que as crianças aprendam quem são e onde se encaixam”, diz Judy Weiser. Psicóloga, arteterapeuta e autora baseada em Vancouver. “Eles aprendem sua genealogia e a singularidade de sua própria família e sua história. Quando uma criança vê um retrato de família com ela incluído na fotografia, ela diz a si mesma: “Essas pessoas vêm-me como parte do que são, por isso pertenço aqui. Esta é a minha origem.”

Para isso, Weiser passou mais de 20 anos a usar fotografias pessoais no processo de tratamento dos seus pacientes. Ela é considerada por muitos como a principal responsável nessas técnicas de tratamento, chamada PhotoTherapy.

Quando se trata de ter o maior impacto positivo para o seu filho/a, o que é melhor: ficheiros digitais ou impressões?

 

Dado à era digital em que vivemos, os ficheiros digitais são uma realidade quase inevitável. Em vez de imprimir e exibir as suas fotografias, as famílias estão cada vez mais a utilizar as suas imagens no formato digital, seja num dispositivo móvel, PC ou redes sociais. No entanto, será que uma imagem num tablet, num ecrã de computador ou numa rede social terá o mesmo impacto na auto-estima de uma criança?

“A minha opinião é muito simples. Eu acho que elas (fotos de família) devem estar na parede ”, diz Krauss.
“Sou muito conservador em relação à auto estima. Acho que se deve colocar uma foto de família num local dentro da casa onde a criança possa vê-la todos os dias sem ter que ligar um aparelho ou clicar num computador para descobrir que realmente chega a casa, que aquela criança sente essa sensação de segurança e conforto. As fotografias são providas de uma certeza sobre elas e uma qualidade protetora transmitidas à criança. Isso permite-lhes saber onde estão na hierarquia e que são amados e cuidados ”, diz Krauss.

Para além de Krauss e Weiser, a importância das fotografias impressas expostas dentro de casa é defendida por diversos especialistas!

“Na minha opinião pessoal e clínica é que há algo muito poderoso ao tocar com os seus próprios dedos numa impressão”, diz Craig Steinberg, um psicólogo licenciado que trabalha com crianças de 5 a 13 anos perto de Eugene, Oregon. ” Tocar numa fotografia que tem um sorriso, é a mesma coisa que tocar um livro quando o está a ler. Há uma grande estimulação do cérebro quando temos essa experiência sensorial. Isso é um pouco perdido na mudança para o digital. Estamos a tocar num teclado, rato ou touchscreen, mas não estamos a tocar na imagem. ”

“A exibição de fotos em destaque dentro de casa transmite a mensagem de que nossa família e as pessoas nela são importantes umas para as outras e honramos as memórias que vivenciamos”, diz Cathy Lander-Goldberg. Penso que não poderia estar mais de acordo com esta frase!!! Cathy é assistente social clínica licenciada, fotógrafa profissional em St. Louis, Missouri e diretora da Photo Explorations, que oferece workshops para meninas e mulheres que usam retrato e diário para auto-reflexão.

Para além disso, Krauss recomenda que essas fotos da criança com a família sejam colocadas no quarto da criança para que ela possa estar entre as últimas coisas que vê antes de dormir e a primeira coisa que pode ver antes de começar o dia. “Diz que o amamos e que nos preocupamos com ele. Ele é importante”

Finalmente…

Bem, depois de todo este texto sobre a auto-estima da criança vamos para uma galeria fresquinha? Uma família que adoro (meus cunhados e sobrinhos lindos!!!) e que fotografei na praia, neste sol do Algarve que tem a benesse de nos aquecer mesmo em dias de Inverno!!!

E agora, ficou com vontade de agendar a sua? Então saiba tudo sobre as nossas sessões de família >>AQUI<< !
Contacte-nos e peça-nos a nossa disponibilidade que já está limitada até ao final do Verão!

Boa Quinta-feira!!!!
Suzy
www.suzyvieira.pt

 

Sessão Familiar na Praia

Cucuuuuuuuu!!!

Hoje está um dia quentinho…, ao contrário dos últimos dias, está óptimo para ir à praia ou piscina! Quem está de férias aproveite!!! Eu estou quase!!! Desejosa de ir para a praia com a família 😀

No entanto, apesar de não estarmos a ter um Verão muito quente e, digamos, estável 😀 , temos tido dias óptimos para as nossas tão queridas sessões de família! E temos tido tantas por aqui!!!!… Por isso mesmo, assim que tivemos a devida autorização, viemos logo deixar umas das nossas lindas sessões de família na praia!

Foi um dia PERFEITO! Estava maré baixa e um por-do-sol M.A.R.A.V.I.L.H.O.S.O! Concordam???

A Sessão Familiar na Praia consiste num momento de diversão, pelo menos por cá! Com muitas gargalhadas, piadas e muita partilha entre a família. Não importa a idade, importa registar o que é nosso, o que nos faz feliz TODOS OS DIAS para podermos olhar e mostrar vezes sem conta estas memórias que irão assim nos acompanhar, num momento de convívio entre amigos e familiares, num momento de saudades, num momento simplesmente porque sim! O meu filho por exemplo ADORA levar os álbuns de fotografia para mostrar aos amiguinhos da escola, e adora que eu lhe conte a história daquela sessão de fotos 🙂 simples fazer sorrir não é? 😀

Pois então, aqui vos deixo uma sessão de família que me é muito muito querida e que ficou lindíssima, numa das praias do nosso lindo Algarve.

Se pensa em agendar a sua Sessão Familiar na Praia, agende já! Por cá já só temos poucos dias da semana disponíveis até finais de Setembro, e apenas 1 sábado livre em Setembro. Poderá realizar a sua sessão na praia (com falésia ou sem falésia), no campo (clique AQUI para ver uma), num jardim, na cidade velha… não fosse o nosso Algarve tão diversificado 🙂

Boa semana!!!

Suzy
www.suzyvieira.pt